UNOPAR
TOPO 4 ANOS
Armazém Paraíba
ISEPRO
YASMINI
River PI

Metas, desistências e intensidade: a primeira semana de Flávio Araújo à frente do River-PI

Treinador do Galo detalha situação de reforços, fala sobre preparação para o duelo contra o Altos .

23/02/2019 15h31Atualizado há 8 meses
Por: Jeová Monteiro
Fonte: Globo Esporte
Flávio Araújo revela metas e fala sobre busca pelo título estadual em 2019 — Foto: Victor Costa/River AC
Flávio Araújo revela metas e fala sobre busca pelo título estadual em 2019 — Foto: Victor Costa/River AC

Os sete dias da nova Era Flávio Araújo no River-PI estão sendo bem aproveitados pelo treinador. A intensidade nos treinos mostram muito o que Flávio pretende levar a campo no domingo, na partida contra o Altos, pelo Campeonato Piauiense. Se ele vai manter o time titular que vinha sendo utilizado na competição estadual, ainda é um mistério, a única certeza é que o treinador poderá contar com o atacante Cris, regularizado nesta quinta-feira.

A vitória no jogo contra o Jacaré, em pleno estádio Felipão, é só o começo da meta estipulada pelo treinador, que revelou que pretende fechar a fase de classificação na liderança da tabela.

- O River está há dois anos sem título estadual e nosso foco está nisso. Por isso estamos trabalhando com seriedade e qualidade para que a equipe possa conquistar esse titulo. Nosso objetivo nessa primeira fase é chegar em primeiro lugar e teremos um jogo importantíssimo contra o Altos, que será um grande clássico para o futebol piauiense. Então, será um grande jogo onde vamos procurar nos empenhar o máximo – explicou o treinador.

Apesar disso, uma situação ainda incomoda. Com o mercado da bola praticamente fechado, o clube encontra dificuldades de acerto com novos nomes para reforçar o elenco de Flávio. A ideia do treinador era fechar com pelo menos três jogadores, mas dois deles, que estão atuando em outras equipes, não tiveram a liberação dos clubes.

- Os outros dois tínhamos acertado, mas infelizmente os clubes de origem que eles estão não liberaram. Não deu certo. Por isso conseguimos fechar só com o Cris e os outros dois jogadores, fechamos, mas não liberaram. Veja bem, trazer jogador por jogador, dava para trazer até 10, mas temos que ter cautela, sermos corretos e justos. Só trago jogador se for para somar e ser um reforço. Se não for, prefiro ir para a luta com os guerreiros que temos aqui e estão muito motivados – disse.

O efeito Flávio Araújo deu certo no River-PI. No primeiro dia do treinador no clube, mesmo estando apenas como espectador no estádio Lindolfo Monteiro, a equipe garantiu a primeira vitória na temporada. Depois, com Flávio à frente, embalou e garantiu mais três pontos diante do Parnahyba, assumindo atualmente a vice-liderança do estadual.

Para agregar ainda mais, uma nova articulação foi desenhada pela diretoria e treinador. O clube "adotou" o estádio Albertão como casa no restante do estadual. Os dois últimos jogos da primeira fase, que terão o Galo como mandante, serão na praça esportiva.

- Dei meu parecer positivo em relação ao mando de jogos no Albertão. Todo jogo, durante o estadual, que a equipe do River for jogar, vai ser no Albertão, mas colocamos o Lindolfo Monteiro como segunda opção. Não vamos descartar o Lindolfo. Mas nossa primeira opção é o Albertão - esclareceu.

Com oito pontos e na vice-liderança o River-PI tem 53,3% de aproveitamento no Piauiense. Dos cinco jogos, o Galo venceu dois, empatou outros dois e perdeu um. O duelo contra o Altos, marcado para às 15h45 de domingo, terá transmissão em Tempo Real pelo GloboEsporte.com.

CONFIRA A COLETIVA DE FLÁVIO ARAÚJO

Preparação para partida de domingo

- Estamos trabalhando desde terça-feira com intensidade, fazendo acertos porque manter essa crescente e ter até um melhor desempenho que no jogo passado. Vi o Altos jogar duas vezes, pela Copa do Nordeste e estadual, é uma equipe que está bem entrosada e será um grande jogo e um grande clássico. É uma batalha. Sabemos que vencer o Altos dentro do Felipão é um obstáculo, mas estamos preparados para superá-los.

Regularização de Cris

- O Cris é mais um jogador de centro de área. Um atacante de finalização e rápido. Hoje nós temos com essa função, Eduardo, Rhuann, Cris e Matheus, que são suficientes para irmos em busca desse título.

Torcida

- Agradeço o apoio. Sabemos que quando criamos expectativa na torcida, nossa responsabilidade aumenta. Por isso estamos trabalhando forte para dar o retorno satisfatório a nossa torcida.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias