UNOPAR
YASMINI
TOPO 4 ANOS
Armazém Paraíba
ISEPRO
Despreparados

Vereadora Graça Amorim propõe adiamento na implementação da nova regra eleitoral

Segundo a vereadora, os vereadores não estão preparados para a implantação do sistema de voto distrital misto.

27/08/2019 18h18Atualizado há 3 semanas
Por: Redação

Em pronunciamento nesta terça-feira, 27, a vereadora Graça Amorim debateu no plenário da Câmara de Vereadores o projeto de lei que tramita no Congresso Nacional e que trata sobre mudanças nas regras eleitorais, entre elas, a mais polêmica, o sistema de voto distrital misto. Segundo o projeto, a nova regra já seria adotada para a eleição de 2020, valendo para cidades com mais de 200 mil habitantes, a exemplo de Teresina.

De acordo com Graça Amorim, é preciso que os vereadores dialoguem mais sobre a proposta, tendo em vista os muitos pronunciamentos favoráveis à questão já expostos pelos congressistas. “Toda eleição é feito um teste de novo modelo. E agora é este. Mas, quem de nós se preparou para uma eleição somente em um distrito? A divisão ainda será feita pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Nõs nem sabemos ainda quantos e quais serão os distritos. Ouvi do presidente do Congresso Nacional um posicionamento favorável para que ela seja aprovada já nestas eleições”.

A vereadora afirma que os votos da maioria dos vereadores é diversificado e pulverizado em todas as zonas de Teresina. Para este pleito, já está valendo o fim das coligações proporcionais, o que muda muito o processo eleitoral. “Precisamos nos manifestar e dizer aos nossos deputados que não estamos preparados para receber este novo sistema e que será um prejuízo para a eleição. Devemos encaminhar o nosso pensamento aos nossos congressistas para que essa nova regra seja implementada em 2022, pois haverá mais tempo de preparação”, disse Graça Amorim.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias