Armazém Paraíba
ISEPRO
YASMINI
BRIGA POR PODER?

Presidente do PSL tenta barrar reunião dos filiados na sede do partido.

“Eles não têm legitimidade, nem fazem parte da comissão provisória. Façam a reunião em outro local, porque na sede do partido, nós não fomos avisados. O partido tem hierarquia”, falou Luís André.

ND em Teresina

ND em TeresinaNoticias direto da capital piauiense.

12/08/2019 21h22
Por: ND Teresina
Fonte: Meio Norte

Um grupo ligado ao capitão Anderson, então presidente municipal do PSL em Teresina e morto em trágico acidente, pretendia realizar ontem uma reunião com cerca de 30 lideranças na sede do PSL de Teresina. O objetivo era se articularem para a indicação de um nome que ocupe a vaga de presidente da Comissão Municipal na capital. Eles não se contentam com o fato de que a direção seja assumida pelo primeiro vice-presidente, o empresário Walter Rei das Motos. Argumentam que é justo dar espaço a alguém que leve à frente o trabalho de Anderson com os movimentos de direita.

Aqui mesmo não

Só que o presidente estadual do PSL, vereador Luís André, deu o recado: “Eles não têm legitimidade, nem fazem parte da comissão provisória. Façam a reunião em outro local, porque na sede do partido, nós não fomos avisados. O partido tem hierarquia”, falou Luís André. Outro membro do PSL que não quis se identificar disse o seguinte: “Aqui não é presidência hereditária não”. Em resposta, fonte da coluna ligada ao grupo que quer fazer a reunião, disse que se a sede estiver fechada, eles se farão as deliberações até na calçada.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias