UNOPAR
Armazém Paraíba
YASMINI
TOPO 4 ANOS
ISEPRO
AUMENTO DO EFETIVO

Secretaria de Segurança realiza estudo e avalia fechar delegacias durante a noite

A intenção, segundo o secretário, é designar policiais que hoje servem apenas para "vigiar" os prédios para o serviço de investigação

10/08/2019 08h14
Por: Redação
Fonte: 180 Graus

Em entrevista à TV Cidade Verde, o secretário de Segurança, Fábio Abreu, confirmou que foi iniciado um estudo para identificar delegacias em Teresina que estão ociosas durante a noite e admitiu que, em alguns casos, elas poderão ser fechadas.

A intenção, segundo o secretário, é designar policiais que hoje servem apenas para "vigiar" os prédios para o serviço de investigação, que acontece apenas de horário normal de funcionamento da unidade.

"É uma realidade em outros estados, como no Maranhão, que faz isso há muito tempo e nunca teve problema nenhum. Uma ação que traz solução e muito mais capacidade para aquilo que a Policia Civil faz, e faz muito bem, que é a investigação. Com foco nas investigações, irá facilitar a vida das pessoas", comentou.

O estudo está apenas no início, mas o secretário menciona casos de delegacias em que, durante a noite, nenhum B.O. chegou a ser registrado.

Além disso, lembra Fábio Abreu, por meio da Delegacia Virtual é possível registrar ocorrências sem sair de casa. "O cidadão pode registrar a ocorrência da sala da casa dele. Não precisa se deslocar de sua residência durante a noite para ir à delegacia registrar o B.O., correndo risco neste deslocamento", argumenta.

O estudo ainda não tem data para ser concluído. Ainda na entrevista, o secretário comentou que, em relação à segurança dos prédios, poderá ser feito uso de serviços de vigilância privada ou mesmo monitoramento eletrônico.

"Essa é uma questão lógica, de buscar o que é o objetivo da Polícia Civil, que é investigar, e não apenas de olhar um prédio. Além disso, não é uma iniciativa pioneira no país. O que nós entendemos é que a atividade fim é a prioridade", comentou Fábio Abreu.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias