Picos

PICOS | Equatorial é alvo de críticas dos vereadores na primeira sessão de 2020

A privatização parece não ter sido a solução para a melhoria da distribuição de energia elétrica no Piauí. Na primeira sessão ordinária de 2020, realizada pela Câmara Municipal de Picos na tarde da quinta-feira (13/02), os vereadores concentraram as críticas na Equatorial Energia, citando inúmeros relatos de cortes, descaso e má administração. As informações são do Folha Atual.

A vereadora Valdívia Santos apresentou um projeto de lei, encaminhado às comissões permanentes da Câmara Municipal para receber parecer técnico, proibindo a Equatorial de cortar o fornecimento de energia elétrica para as residências durante finais de semana e feriados.

“O corte de energia e de água só será permitido com a presença do consumidor ou responsável lesado, bem como a sua respectiva autorização; todo consumidor tem que ter o prazo de 24 horas no momento em que ele for notificado, então na próxima semana o projeto será colocado em votação”, frisou.

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar