AmaranteMoisés PontesSaúde

Hospital de Amarante divulga comunicado sobre atendimento de procedimentos

Em setembro de 2017, o hospital iniciou as atividades de atendimento médico através do Acolhimento e Classificação de Risco.

Devido a grande demanda de usuários que procuram o Hospital Estadual de Amarante Dr. Francisco Ayres Cavalcante para atendimento médico e outros serviços básicos de saúde, a direção geral do hospital divulgou uma nota na manhã dessa sexta-feira (12), emitiu um comunicado através da Coordenação de Comunicação Hospitalar informando a recondução dos usuários que buscam o hospital para procedimentos básicos como: Curativos eletivos, retirada de pontos, administração, de medicação que não seja de Urgência, deverão ser encaminhadas para a Atenção Básica de responsabilidade da Rede Municipal de Saúde.

Em setembro de 2017, o hospital iniciou as atividades de atendimento médico através do Acolhimento e Classificação de Risco se unindo no mesmo sistema dos hospitais de Água Branca, Floriano, Teresina entre outros.

“Basicamente, o que mudou no hospital  estadual de Amarante, é que o atendimento deixou de ser por ordem de chegada e passou a ser realizado conforme a gravidade do caso do paciente.  A avaliação do paciente que chega ao hospital é feita por enfermeiros capacitados em sala especifica criada para a classificação de risco”, destacou a enfermeira Elinete Brandão, coordenadora administrativa do hospital.

A direção divulga semanalmente a escala médica, especialidades em exames oferecidas pela a instituição hospitalar na página oficial no facebook.

A classificação de risco é uma ferramenta utilizada nos serviços de urgência e emergência, que visa avaliar e identificar os pacientes que necessitam de atendimento prioritário, de acordo com a gravidade clínica, potencial de risco, agravos à saúde ou grau de sofrimento. Ou seja, trata-se da priorização do atendimento, após uma complexa avaliação do paciente, realizada por um profissional devidamente capacitado, do ponto de vista técnico e científico.

Antigamente, a entrada dos pacientes aos Serviços de Urgência e Emergência acontecia por ordem de chegada ou era realizada uma seleção/triagem por profissional não capacitado, levando a graves danos à saúde do paciente, aumentando o risco de morbidade e mortalidade.

O que é Acolhimento?

O Acolhimento é uma diretriz da Política Nacional de Humanização (PNH), que não tem local nem hora certa para acontecer, nem um profissional específico para fazê-lo: faz parte de todos os encontros do serviço de saúde assim se constituindo numa postura ética, que implica na escuta do usuário em suas queixas, no reconhecimento do seu protagonismo no processo de saúde e adoecimento, e na responsabilização pela resolução, com ativação de redes de compartilhamento de saberes. Acolher é um compromisso de resposta às necessidades dos cidadãos que procuram os serviços de saúde.

Organização dos fluxos de Atendimento

 Entenda os níveis de gravidade por cor

Fonte: Coordenação de Comunicação Hospitalar

Comentários

Moisés Pontes

Moisés Pontes atualmente é estudante de enfermagem pela Faculdade FAMEP. Iniciou sua carreira profissional como colunista jornalístico em 2013 no site de notícias local Amarante Net a convite do atual prefeito Luiz Neto (PSD). Em 2014, recebeu o convite para assumir no Portal JN (Teresina) a coluna Informe Amarante com notícias do município e região. Atualmente também presta serviços como assessor de imprensa político e colaborador da AD Publicidade de Teresina. A convite da deputada e secretária de infraestrutura, Janaínna Marques, Moises recebeu a presidência do PTB Jovem Amarante tornando-se adjunto ao atual presidente Dr. Ítalo Queiroz (PTB Amarante). Trabalhou em 2015 como TARM-Técnico Telefonista Auxiliar de Regulação Médica do SAMU Amarante. Sobre sua paixão por jornalismo, Moisés Pontes foi orientado e instruído pelo jornalista, advogado, professor e historiador cultural Virgílio Queiroz, ator do filme Aí Que Vida de Cícero Filho. Moisés Pontes tem como meta no futuro próximo, criar um site e assessoria de mídias e notícias em saúde devido sua paixão por enfermagem e jornalismo.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close