Cidades Política

TRE-PI julga ação contra prefeito de Francisco Ayres em segredo de justiça nesta terça (5)

O Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI) deve julgar, na sessão desta terça-feira (5), ação contra o prefeito de Boqueirão do Piauí, Valdemir Alves da Silva, o Solteiro (PT). O processo tramita em segredo de Justiça e é movido pelo Ministério Público Eleitoral, que recorre à Corte para pedir a cassação do gestor, eleito em 2016.

Além da ação de impugnação de mandato eletivo contra Solteiro, está na pauta desta terça o processo de prestação de contas do então candidato nas eleições de 2016. Em setembro, o procurador eleitoral Israel Gonçalves Santos Silva se manifestou pela manuntenção da decisão que aprovou as contas com ressalvas.

Outros casos

O TRE-PI também deve analisar dois processos que envolvem os municípios de Picos e Francisco Ayres. Em relação à Cidade Modelo, a coligação do ex-prefeito Gil Paraibano (Progressistas), derrotado nas eleições de 2016, tenta reformar decisão contra o prefeito Padre Walmir de Lima (PT). A ação de investigação judicial eleitoral alega que o petista cometeu abuso de poder econômico e dos meios de comunicação, com matérias favoráveis a eles em diversos sites de notícias. O Ministério Público opinou para que seja mantida a decisão da 62ª Zona Eleitoral, que julgou o pedido improcedente.

No caso de Francisco Ayres, a candidata Ana Nere (PSB) recorre contra a decisão que extinguiu a ação de impugnação do mandato do prefeito eleito Valkir Nunes (PDT). O relatório do Ministério Público é favorável à manunteção da extinção do processo.

Comentários