Geral

Professora de dança sofre dois acidentes em 5 minutos e morre

Uma professora de dança de Santos, no litoral de São Paulo, morreu após sofrer dois acidentes, em um intervalo de apenas cinco minutos. Alessandra Andrade era professora no SESI e voltava de uma apresentação de dança, no sábado (2), quando foi atingida por dois carros.

De acordo com informações da PM, a dançarina pilotava uma moto na Rodovia Anchieta, que faz a ligação entre São Paulo e Baixada Santista, quando foi tocada por um carro, arremessada e atropelada em seguida. O condutor do veículo fugiu sem prestar socorro e não foi localizado.

Poucos minutos depois, um outro motorista, que viu a professora no chão, parou para prestar socorro. Enquanto recebia atendimento, ela foi novamente atropelada, por outro carro, acabou sendo arremessada novamente e morreu no local. O homem não foi atingido.

Segundo o SAMU, os acidentes ocorreu durante a noite. Imagens de câmeras de monitoramento podem ajudar a esclarecer o que ocorreu. A polícia acredita que o autor do atropelamento será facilmente identificado, já que a placa dianteira do carro acabou caindo no local e foi encontrada.

De acordo com familiares ouvidos pelo G1, Alessandra morava em Santos e estava voltando de um evento quando foi atingida pelos veículos. Segundo amigos, ela havia acabado de fazer uma apresentação de dança para um grande público. A polícia está investigando o caso.

Fonte: G1 

Comentários

Moisés Costta

Moisés Pontes atualmente é estudante de enfermagem pela Faculdade FAMEP. Iniciou sua carreira profissional como colunista jornalístico em 2013 no site de notícias local Amarante Net a convite do atual prefeito Luiz Neto (PSD). Em 2014, recebeu o convite para assumir no Portal JN (Teresina) a coluna Informe Amarante com notícias do município e região. Atualmente também presta serviços como assessor de imprensa político e colaborador da AD Publicidade de Teresina. A convite da deputada e secretária de infraestrutura, Janaínna Marques, Moises recebeu a presidência do PTB Jovem Amarante tornando-se adjunto ao atual presidente Dr. Ítalo Queiroz (PTB Amarante). Trabalhou em 2015 como TARM-Técnico Telefonista Auxiliar de Regulação Médica do SAMU Amarante. Sobre sua paixão por jornalismo, Moisés Pontes foi orientado e instruído pelo jornalista, advogado, professor e historiador cultural Virgílio Queiroz, ator do filme Aí Que Vida de Cícero Filho. Moisés Pontes tem como meta no futuro próximo, criar um site e assessoria de mídias e notícias em saúde devido sua paixão por enfermagem e jornalismo.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close