Piauí Polícia

Polícia investiga sumiço de namorada de PM desde o dia 25

Uma estudante de Direito de 21 anos identificada como Camilla Abreu está desaparecida desde a última quarta-feira (25). Segundo a família, ela esteve em um bar no bairro Morada do Sol na noite daquele dia na presença de uma amiga e do namorado, que seria Policial Militar.

“Ela saiu na quarta para ir a faculdade, de lá o namorado foi pegar e saíram para o Quiosque da Brahma e lá se encontraram com uma amiga dela. Quando terminou lá foram deixar a amiga em casa no Vale do Gavião e, no retorno para a casa, o namorado diz que deixou ela na porta de casa. Desde então ela não foi mais vista, não acessou mais nenhuma rede social, nada”, relata o tio Jandeilton Rodrigues.

Segundo ele, o namorado da estudante ficou incomunicável por dois dias. A informação de que teria deixado a estudante em casa só foi repassada à família na sexta após contato telefônico. “Quinta e sexta ele não apareceu, ontem ele teve aqui chorando e disse a mesma coisa, que deixou ela em casa”, afirmou.

O que está intrigando a família é que o celular da jovem foi encontrado na BR-343, rodovia que dá acesso ao município de Altos. “Na sexta-feira a gente encontrou o celular dela na estrada que vai pra Altos, perto do restaurante Frango Dourado. Estamos desde então fazendo buscas”, conta.

O smartphone foi encontrado desligado em uma lixeira por uma pessoa que passava pelo local e resolveu ligar o celular. O caso foi registrado no 6º Distrito Policial, mas já foi encaminhado para o 8º DP no Dirceu Arcoverde, onde a garota reside. “Conseguimos registrar boletim de ocorrência no 6º DP. Foi pego o termo da moça que estava com ela. As investigações eram para começar na segunda, mas já estamos aqui com a equipe do 8º DP que já está em campo”, afirma o tio.

Jandeilton Rodrigues disse que a família ainda não vasculhou o celular da estudante por conta de um bloqueio através de digital. “Quando tiver em poder da polícia eles vão fazer esse destravamento”, declarou.

A estudante namorava há 1 ano com o Polícial Militar. Nas redes sociais, amigos fazem campanha para encontrar a garota.

Fonte: Cidade Verde

Comentários