Piauí Saúde

Enfermeiros realizarão protestos contra decisão que proíbe a requisição de exames

Enfermeiros da atenção básica estiveram reunidos nesta terça-feira, dia 10, na sede do Conselho Regional de Enfermagem do Piauí (Coren-PI), para tratar sobre a decisão liminar que proíbe os profissionais de requerer exames na atenção básica. Os profissionais, além de tirarem dúvidas sobre a atuação, após a decisão, decidiram por realizar uma manifestação na próxima terça-feira, dia 17, às 8h. Em Teresina, a ação acontecerá na avenida Frei Serafim, em frente ao Hospital Getúlio Vargas (HGV).

“O Coren está atendendo uma solicitação dos profissionais de enfermagem, que tem o exercício legal da profissão prejudicado, com essa decisão judicial, provocada pelo Conselho Federal de Medicina. Quem mais se prejudica além da enfermagem, é a população. Por isso, nós vamos em manifestação, mostrar para a sociedade o que está acontecendo”, afirmou o presidente do Coren, Dr. Lauro César de Morais.

O presidente chamou atenção ainda para as consequências da restrição aos profissionais. “O enfermeiro VDRL, que é um exame muito simples, que o enfermeiro faz rotineiramente, e com o diagnóstico em mãos, faz o tratamento da sífilis primária, se não for tratada, pode se transformar na sífilis secundária e terciária, e ter um dano maior na saúde da população. Temos diversas situações que podem causar essa restrição. Por isso, estaremos nos mobilizando para garantir nossos direitos e atender a população”, ressaltou o Dr. Lauro César de Morais.

Em Picos, os profissionais, estudantes da área e apoiadores realizaram mobilização contra a decisão. A manifestação saiu do Hospital Regional e seguiu até o Centro.

Fonte: 180graus

Comentários