Esportes

Detido acusado de agredir ex-namorada, atacante piauiense paga fiança e é solto

O atacante Juninho, jogador piauiense natural de Amarante, deixou a Delegacia da Mulher, na tarde desta segunda-feira (09/10), após pagar fiança de R$ 10 mil. O atleta do Sport, de 18 anos, foi detido nesta manhã acusado de agredir sua ex-namorada. De acordo com a delegada responsável pelo caso, Tereza Nogueira, Juninho está liberado para responder ao processo em liberdade, pelos crimes de lesão corporal, injúria e ameaça. No período da tarde, o jogador foi ouvido por cerca de duas horas – outras duas duas testemunhas também falaram sobre o caso.

“Eles já efetuaram o pagamento da fiança e agora ele será liberado para responder em liberdade”, confirmou Tereza Nogueira.

Pela manhã, a delegada Ana Elisa Sobreira detalhou o caso e informou que, durante as investigações, a polícia chegará a quem está falando a verdade.

“É a versão dele contra a dela. Então a gente tem que se munir de elementos. Nos quais a gente, na verdade, está buscando a verdade através das situações que ele falou, que ela falou, através de testemunhas, através de imagens. Só aí a gente pode dizer quem está falando a verdade”, explicou Ana Elisa Sobreira.

Entenda o Caso

Juninho foi acusado de agredir a ex-namorada, com quem teve uma relação por cinco meses. Uma das agressões teria acontecido no mês passado. Na sexta feira, a vítima, que tem 20 anos, teria solicitado medidas protetivas para que ele se mantivesse afastado e chegou a mostrar mensagens do jogador em redes sociais. Em entrevista, a vítima detalhou o que teria acontecido.

Mulher alega ter recebido murros e ameaça com uma faca (Foto: Marlon Costa / PE Press)

“Quando chegamos no apartamento, assim que descemos, eu disse que não dormiria com ele. Que apenas conversaria e iria embora. Foi quando ele me deu o primeiro tapa no rosto e as câmeras do prédio filmaram. Quando subimos, ele me trancou dentro do quarto e foi quando começou tudo. Que eu era obrigada a ficar com ele, porque, se eu saísse de lá, eu iria acabar com a carreira dele, porque todo mundo no clube já sabia que ele tinha me agredido. Quando falei que iria embora, ele levantou procurando uma faca, porque disse que teria que me matar, porque quando eu fosse embora, saberia que eu chamaria a polícia pelas agressões que ele fez. Deu murros no meu rosto, puxou o meu cabelo… E disse que teria que me matar para poder proteger a carreira dele”, declarou a vítima.

O advogado de Juninho rebateu as acusações.

“O Juninho foi interceptado por ela ao sair da casa de eventos, que insistiu em querer conversar com Juninho. Ele levou ela para a casa dele e lá conversaram. Lá, dormiram juntos e, ao amanhecer, ela insiste em ficar com Juninho, que disse que já tinha uma outra pessoa. Ela insiste que Juninho mande uma mensagem para acabar com a relação com a outra pessoa e Juninho diz que não. Aí ela diz que vai acabar com Juninho, com a carreira de Juninho, acabar com a vida de Juninho. Chama a polícia e cria um factóide, uma fantasia”, disse Ernesto Cavalcante, advogado de Juninho.

De acordo com o vice-presidente do Sport, Gustavo Dubeux, o clube tem dado o apoio possível a Juninho, mas como se trata de um caso pessoal, apenas observa o desenrolar dos fatos.

“A gente conversou com ele e orientou para que contratasse um advogado particular. Estamos acompanhando de longe por ser um caso pessoal e torcendo que tudo se resolva da melhor maneira possível”, falou o vice-presidente do clube rubro-negro.

Quem é Juninho?
Juninho tem 18 anos e nasceu na cidade de Amarante, no Piauí. Chegou ao Sport com 16 anos após uma peneira. Ao se destacar no sub-17, foi para o elenco profissional no ano passado, quando o time era comandando pelo técnico Paulo Roberto Falcão, mas só no começo deste ano foi integrado de forma definitiva. Chegou a ser chamado para a Seleção Brasileira para disputar o torneio sub-20 em Toulon, na França. Ele fez 24 partidas pelo Leão, nesta temporada, com seis gols marcados.

Fonte: Globo Esporte

Comentários

Moisés Pontes

Moisés Pontes atualmente é estudante de enfermagem pela Faculdade FAMEP. Iniciou sua carreira profissional como colunista jornalístico em 2013 no site de notícias local Amarante Net a convite do atual prefeito Luiz Neto (PSD). Em 2014, recebeu o convite para assumir no Portal JN (Teresina) a coluna Informe Amarante com notícias do município e região. Atualmente também presta serviços como assessor de imprensa político e colaborador da AD Publicidade de Teresina. A convite da deputada e secretária de infraestrutura, Janaínna Marques, Moises recebeu a presidência do PTB Jovem Amarante tornando-se adjunto ao atual presidente Dr. Ítalo Queiroz (PTB Amarante). Trabalhou em 2015 como TARM-Técnico Telefonista Auxiliar de Regulação Médica do SAMU Amarante. Sobre sua paixão por jornalismo, Moisés Pontes foi orientado e instruído pelo jornalista, advogado, professor e historiador cultural Virgílio Queiroz, ator do filme Aí Que Vida de Cícero Filho. Moisés Pontes tem como meta no futuro próximo, criar um site e assessoria de mídias e notícias em saúde devido sua paixão por enfermagem e jornalismo.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close