Moisés Pontes Saúde

Hospital de Amarante realiza capacitação sobre Classificação de Riscos

Fotos: Assessoria de Comunicação do HRA

Por Moisés Pontes – De Amarante

Hospital de Amarante iniciará o novo sistema de atendimento – O Hospital Regional de Amarante Dr. Francisco Ayres Cavalcante, promoveu no último sábado (26), uma capacitação em Urgência e Emergência com Acolhimento e Classificação de Risco e foco na Qualidade e Segurança do Paciente, que visa à qualidade do atendimento das equipes médicas e de enfermagem.

Os profissionais receberam orientações sobre a forma de abordagem aos diferentes tipos de pacientes que chegam ao hospital. A ação foi iniciada pela Assessoria de Humanização da Secretaria de Estado de Saúde (Sesapi), que visa preparar os profissionais de saúde do hospital sobre o novo sistema de Classificação de Riscos está previsto para iniciar no mês de setembro, no Hospital Estadual do município.

“Basicamente, o que mudará no hospital de Amarante, é que o atendimento deixa de ser por ordem de chegada e passa a ser realizado conforme a gravidade do caso do paciente.  A avaliação do paciente que chega ao hospital é feita por enfermeiros em sala especifica criada para a classificação de risco”, destacou a enfermeira Elinete Brandão, assessora administrativa do hospital.

O atendimento na porta de entrada foi um dos principais assuntos abordados ao longo da capacitação, devido à importância da abordagem e o redirecionamento correto dos pacientes, auxiliando a reorganização do fluxo de atendimento que acontece na unidade. Técnicos e Enfermeiros e outros profissionais puderam trocar experiências, tirar dúvidas, além de reforçar conceitos do protocolo de classificação de riscos.

A classificação de risco é uma ferramenta utilizada nos serviços de urgência e emergência, que visa avaliar e identificar os pacientes que necessitam de atendimento prioritário, de acordo com a gravidade clínica, potencial de risco, agravos à saúde ou grau de sofrimento. Ou seja, trata-se da priorização do atendimento, após uma complexa avaliação do paciente, realizada por um profissional devidamente capacitado, do ponto de vista técnico e científico.

Antigamente, a entrada dos pacientes aos Serviços de Urgência e Emergência acontecia por ordem de chegada ou era realizada uma seleção/triagem por profissional não capacitado, levando a graves danos à saúde do paciente, aumentando o risco de morbidade e mortalidade.

O que é Acolhimento?

O Acolhimento é uma diretriz da Política Nacional de Humanização (PNH), que não tem local nem hora certa para acontecer, nem um profissional específico para fazê-lo: faz parte de todos os encontros do serviço de saúde assim se constituindo numa postura ética, que implica na escuta do usuário em suas queixas, no reconhecimento do seu protagonismo no processo de saúde e adoecimento, e na responsabilização pela resolução, com ativação de redes de compartilhamento de saberes. Acolher é um compromisso de resposta às necessidades dos cidadãos que procuram os serviços de saúde.

Organização dos fluxos de Atendimento

 Entenda os níveis de gravidade por cor

Fotos

Autor: Moisés Pontes

Comentários