Política

Ciro ataca Lula e Assis responde: ‘Uma vitória de Pirro’

Assis Carvalho respondeu às provocações de Ciro Nogueira sobre o resultado das eleições na cidade de Miguel Leão, ocorrida no último domingo (06/08), que deu vitória a Robertinho (PR), cujo vice eleito é do PP do senador.

O deputado federal é quem aparece ao lado de Lula, em vídeo gravado em apoio à candidatura de Jailson de Sousa (PT), que foi derrotado em disputa apertada.

Repercutindo conteúdo da mídia nacional, que apontou esta como a primeira derrota do ex-presidente após ser condenado por Sérgio Moro, Ciro classificou como “Operação Tabajara”a tentativa de vitória do PT.

O petista devolveu dizendo ser esta uma “vitória de Pirro”, e diz esperar que o TRE “faça justiça”, alegando que o resultado se deu por força de um “império financeiro que se transferiu” para a cidade “contra uma pessoa humilde como Jailson”.

]

Entenda

O senador Ciro Nogueira (PP) do Piauí não pensou duas vezes em atiçar ou debochar dos petistas e eleitores do ex-presidente Lula, em sua página no instagram. O motivo foi a perda do candidato a prefeito do PT nas eleições suplementares do município de Miguel Leão. Ciro ainda para piorar a situação intitulou a publicação como “Verdadeira Operação Tabajara”. Uma afronta para o Partido dos Trabalhadores (PT) e base política do governador Wellington Dias.

A postagem se espalhou em muitos grupos de WhatsApp de componentes e deputados da base do governo de Wellington Dias. O senador recebeu uma chuva de críticas e comentários com #hashtag #lula2018.

Lembrando que o senador Ciro Nogueira (PP) assinou uma representação contra a senadora Regina Sousa (PT), amiguíssima do governador Wellington Dias, com pedido de denúncia no Conselho de Ética contra as senadoras que ocuparam a Mesa do Plenário para tentar impedir a votação da reforma trabalhista. Entre elas está a piauiense Regina Sousa.

Agora o que será que o governador Wellington Dias acha disso? Vamos lembrar que o Partido Progressista (PP), de Ciro Nogueira é o atual vice do Partido dos Trabalhadores no estado, e ainda cobiça a vaga de vice na disputa eleitoral em 2018 no Piauí junto com Wellington. E aí, o que será que os petistas dizem?

 

Comentários