Piauí

Acidentes no Piauí em série na rodovia da morte foram destaque no Fantástico

O acidente grave que matou nove pessoas na BR-135, região sul do Piauí, foi destaque na edição do Fantástico deste domingo (18).

A reportagem de Neyara Pinheiro entrevistou familiares de vítimas da tragédia, que deixou ainda 19 feridos. Mãe de 12 filhos, a aposentada Antônia Vieira de 77 anos morreu no acidente, que deixou ainda o marido e a neta feridos.

Já José Divanildo estava sentado ao lado do irmão de 18 anos, que perdeu a vida na tragédia. Na cama do hospital conversou com a reportagem, e diz lembrar-se de uma pancada na cabeça, que o fez desmaiar. “Acordei com um monte de coisa em cima de mim”, conta.

Só neste ano são 37 mortes contabilizadas na BR, já conhecida como “rodovia da morte”. No fim de semana, pelo menos outros 4 acidentes foram registrados.

– Clique na imagem para assistir à reportagemacidentes-sp.png

Fonte: 180graus

Comentários

Tags

Moisés Pontes

Moisés Pontes atualmente é estudante de enfermagem pela Faculdade FAMEP. Iniciou sua carreira profissional como colunista jornalístico em 2013 no site de notícias local Amarante Net a convite do atual prefeito Luiz Neto (PSD). Em 2014, recebeu o convite para assumir no Portal JN (Teresina) a coluna Informe Amarante com notícias do município e região. Atualmente também presta serviços como assessor de imprensa político e colaborador da AD Publicidade de Teresina. A convite da deputada e secretária de infraestrutura, Janaínna Marques, Moises recebeu a presidência do PTB Jovem Amarante tornando-se adjunto ao atual presidente Dr. Ítalo Queiroz (PTB Amarante). Trabalhou em 2015 como TARM-Técnico Telefonista Auxiliar de Regulação Médica do SAMU Amarante. Sobre sua paixão por jornalismo, Moisés Pontes foi orientado e instruído pelo jornalista, advogado, professor e historiador cultural Virgílio Queiroz, ator do filme Aí Que Vida de Cícero Filho. Moisés Pontes tem como meta no futuro próximo, criar um site e assessoria de mídias e notícias em saúde devido sua paixão por enfermagem e jornalismo.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close